Luto e Melancolia

Resultado de imagem para luto e melancolia

Por Ana Cristina Coelho

 

Buscaremos uma breve reflexão sobre a comparação existente entre o estado de luto e o estado de melancolia.

Percebemos que tanto no luto como na melancolia, o que está como causa é uma perda.

O trabalho de luto não compromete aos estado do ego, pois não é patológico, apenas quando o luto é permanente, este passa a ser patológico.

O trabalho de melancolia compromete ao estado do ego, pois é patológico. O melancólico não consegue investir em outro objeto. Há um sentimento de menos valia e percebe-se a perda de autoestima, ficando esta comprometida.

A perda significa a falta.

É na terapia que vai ser trabalhada esta perda no que se refere ao luto e à melancolia, assuntos estes mencionados no texto.

 

“Só faço luto por aquilo que me faz falta.”

Lacan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *