SER adolescente

Recentemente tive acesso a diversas opiniões sobre o que é ser adolescente, tais opiniões chegaram até mim através de alguns pacientes que pedi que me ajudassem com um trabalho novo que estou desenvolvendo, assim que o fiz eles se sentiram lisonjeados por ter alguém que quisesse realmente saber qual a visão deles.
Abordei adolescentes de três idades diferentes que abrangem o início, o auge e o final da adolescência e todos tinham como fala principal o fato de são serem levados a sério, de não serem ouvidos ou até mesmo por serem banalizados por aqueles a quem eles mais admiram. Não pretendo aqui colocar a fala deles, isso se dará num outro momento, minha intenção aqui é chamar a atenção de quem possa estar lendo agora esse texto de forma que possamos nos esforçar um pouco mais para não fazer pouco caso daqueles que são diferentes de nós, independente do motivo e para que possamos, juntos, nos livrar de rótulos e paradigmas sociais que venham apenas para nos ditar como essa ou aquela pessoa é, pois na verdade elas apenas são capazes de nos ditar como elas poderiam ser se seguissem os livros ou manuais.
Cada Ser é individual e marcado por suas próprias experiências de vida e, por esse motivo, é simplesmente impossível tratarmos todas as pessoas da mesma maneira, mesmo que essas pessoas façam parte de um mesmo público ou faixa etária. Finalizo este justificando que escolhi voltar minha atenção para o público adolescente, pois vejo diariamente em qualquer lugar quem defenda crianças e suas particularidades e percebo que não existe a rotulação de forma tão agressiva dirigida ao público adulto, desta forma, estarei lutando através do meu trabalho pelos direitos dos Seres adolescentes.
Obrigada pela atenção e, peço gentilmente que, compartilhe esta mensagem.
Abraços e até o próximo texto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *