Sobre o medo de avião


*TEXTO ESCRITO EM 04 DE NOVEMBRO DE 2012
Recentemente vivi uma experiência emocionante, fiz uma viagem de avião pela primeira vez. Muitos me perguntaram se estava ansiosa e com medo e sempre respondia com sinceridade, muita ansiedade, mas nem tanto medo. Chegou então o grande dia e pude observar as respostas do meu corpo, frio na barriga na subida, leve receio durante as turbulências e uma horrível sensação de que meus tímpanos iam explodir na descida. Tudo valeu a pena, cada segundo, cada percurso, cada sensação e cada momento.
Após passado este período, as seguintes perguntas vieram a minha cabeça: O que fazem as pessoas com fobia específica ou medo de avião? Será que elas não viajariam?
A resposta eu já sabia, nem sei porque tais perguntas permearam minha mente. É claro que elas não iriam , o medo as paralisariam impedindo- as de vivenciar tal experiência, causando- lhes sintomas semelhantes à síndrome do pânico, ou seja, os sintomas que relatei sentir se acentuariam de forma a se tornarem insuportáveis. Por este motivo resolvi fazer um apelo para que, não só os fóbicos, mas os portadores de quaisquer transtornos psicológicos que possam prejudicar seu funcionamento pessoal e/ou social, procurem ajuda profissional.
Como saber se é o seu caso?
Pergunte a si mesmo se está passando por algum tipo de sofrimento gerado por algum sintoma, mas para maiores esclarecimentos procure ajuda profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *